Atividade Física e Seus Benefícios na Infância

Podemos afirmar que a aquisição de hábitos saudáveis, como alimentação equilibrada e prática de atividades físicas, tornam-se mais fáceis à medida que são incentivados e estabelecidos durante a infância e adolescência. Além disso, estudos apontam que crianças e adolescentes que se envolvem em atividades físicas têm maiores chances de se tornarem adultos ativos. Uma vida saudável requer atitudes comprometedoras com a escolha de hábitos saudáveis, principalmente atividades físicas regulares, que sem dúvida proporcionarão melhor qualidade de vida e maior longevidade.

Que a prática de atividades físicas é de fundamental importância para a qualidade de vida da população em geral todos estão cansados de saber, não é mesmo? Mas sabemos também que os hábitos sedentários adquiridos pela sociedade são resultados de uma nova era marcada pelo avanço tecnológico e facilidade para desenvolver atividades que antes exigiam mais esforço físico.

Na maior parte das vezes, a prática regular de atividades físicas, quando apoiadas pelos pais, irmãos, outros membros da família ou amigos, têm significativas chances de aumento e constância.

Mas, afinal, quais são esses resultados tão benéficos adquiridos pela criança e o adolescente através das atividades físicas?

Foi comprovado que maiores níveis de atividade representam melhores condições do sistema ósseo e prevenção contra alguns tipos de câncer. Ainda citando os benefícios, os problemas de ordem emocional, como depressão e angústias, têm associação inversa com a prática de atividades físicas já que coloca a criança e o adolescente em movimento, propiciando maiores níveis de endorfinas liberadas no corpo, maior atividade cerebral e até aumento na memória e facilidade para resolver problemas mais elaborados. Outra constatação importante sobre o efeito da atividade física vem de estudos que têm demonstrado uma relação entre os níveis de atividade física e a prevenção de doenças crônico-degenerativas que afligem a população em geral, inclusive cardiopatias coronarianas, artrites, diabetes, câncer, osteoporose, doenças pulmonares crônicas, acidente vascular cerebral e obesidade.

E os benefícios não param. Juntando-se a todos os citados acima, ainda temos uma qualidade melhor do sono, diminuindo o estresse; aumento da autoestima, autoconhecimento corporal, melhora na capacidade funcional, redução da obesidade, previne o desânimo, aumenta a eficiência e auxilia na visualização de um futuro de sucesso e até a antecipar possíveis situações de insucesso.

Depois de absorver todas estas informações, podemos afirmar que as atividades físicas trazem mais benefícios do que parece! Com isso em mente, devemos reforçar a ideia de que todos (pais, mães, irmãos, amigos, parentes, professores) devem incentivar a prática de atividades físicas e, quem sabe, até praticar junto.

Vamos juntos mudar este contexto?

 

FONTES DE PESQUISA:

Mello e Tufik (2004)

White et al. (1996)

(Greendale et al., 1995)

(Camacho et al.,1991; Goodwin, 2003)

(Haapanen et al., 1996; Lissner et al., 1996; Andersen et al., 2000).

(Glenmark et al., 1994; Hirvensalo et al., 2000;Trost et al., 2002; Alfano et al., 2002; Tammelin et al., 2003)

Atividade Física e Seus Benefícios à Saúde

Influência da Atividade Física na Adolescência Sobre o Nível de Atividade Física na Idade Adulta

Os Benefícios da Atividade Física aos Adolescentes (Rosane Biazussi)