O Carnaval no Mundo

Como é comemorado o Carnaval no mundo?

Brasil:

Em meados do século XVII, chega ao Brasil o carnaval, que teve influências das festas carnavalescas da Europa.

 

O Carnaval no Brasil é a maior festa popular do país e a mais esperada

também. A festa acontence durante quatro dias (que precedem a quarta–feira de cinzas).

Além do Brasil outros países também comemoram esta festa.

Veja abaixo:

França:

 

O Carnaval de Paris é um evento cultural, que ocorre depois da Fête des Fous e tem sido um dos principais festivais da Europa desde o século XVI.

Reino Unido:

No carnaval britânico é comemorado o Shroveitide (Shrive significa confessar ‘pecados’).

 

Estados Unidos

O carnaval nos Estados Unidos resume-se basicamente à celebração do Mardi Grass (Terça-Feira Gorda), vários estados celebram o carnaval, porém o estado mais tradicional é de New Orleans. Neste estado, durante a celebração, desfilam pelas ruas da cidade mais de 50 grupos, dentre eles o mais famoso é o Bacchus (que possui gigantescos e originais carros alegóricos).

 

Alemanha

Na Alemanha a celebração do carnaval acontece tanto nos grandes centros urbanos, quanto na Floresta Negra e nos Alpes. Na cidade de Bonn acontece a festa mais tradicional, onde  acontecem desfiles com pessoas fantasiadas de diferentes épocas e as pessoas usam máscaras para esconder seus rostos, pois o diabo fica solto.

 

Veneza

O carnaval Veneziano, por muito tempo, se destacou como um dos mais fortes e alegres do mundo. Aconteciam bailes e festas nas praças e ruas da cidade, mas com o passar do tempo o carnaval de Veneza foi enfraquecendo e  quase extinguiu-se. O Carnaval de Veneza, atualmente tem muita fama e está ligado a atividades culturais.

 

Portugal

O Carnaval Português sempre teve características diferentes dos outros países da Europa, sendo reconhecido até mesmo como uma festa cujas principais características eram a porcaria e a violência. Este carnaval foi exportado para as antigas colônias e em especial para o Brasil (por volta de 1723).

Nessa época, o carnaval era diferente dos dias de hoje que imita o Carnaval do Rio de Janeiro; as pessoas mascaravam-se, pregavam partidas e, muitas vezes, lançavam das varandas objetos, como saquinhos de areia, ovos, farinha e outras coisas, tornando-se uma verdadeira batalha de loucura e alvoroço.

Cada terra tinha seu Rei Momo e a sua rainha. A Corte era composta por vários ministros, que surgiam constantemente bêbados e imensas “Matrafonas” que são homens vestidos de mulher ou disfarçados de forma ridícula.

Para acompanhar ou animar o desfile, havia Zes-pereiras, que tocavam bombo, juntamente com as tropas – fandangas.

Os Carnavais de hoje com maior tradição são os de: Ovar, Torres Vedras, Alcobaça, Loulé e Madeira.

 

Veja também: http://pt.wikipedia.org/wiki/Carnaval

Siga o colégio Nobilis

  
Av. João Ramalho, 440 - Vl. Assunção - Santo André-SP - 09030-320 | (11) 4979.9999